Olinda Arte em Toda Parte

A arte das ruas retratadas online!

Relacionamentos e hormônios

No início da maioria dos relacionamentos amorosos, hormônios e produtos químicos do cérebro inundar o corpo e o cérebro. Muitos destes hormônios e produtos químicos do cérebro nos fazem agir como se estivéssemos em um transe. Não conseguimos perceber as falhas do outro, bem como os primeiros sinais de aviso mais tarde problemas de relacionamento. Impulsionado pelo sentir-se bem, recompensa e motivação neurotransmissor dopamina, nós sentir em êxtase quando em torno de si, idealizamos o outro, e nós simplesmente não consigo ter o suficiente de cada um.

Mas uma vez que a sensação de bem-hormônios e produtos químicos do cérebro retorno aos níveis normais, e a sensação de estar em um transe deixa o caminho para a vida, como de costume, nós de repente perceber uns dos outros os defeitos e os muitos problemas de relacionamento que temos de trabalhar. Mesmo se você desfrutar da companhia uns dos outros, você não está morrendo de vontade de ver o outro, e você se sente inclinado a gastar mais tempo separados.

hormônios do cérebro

A sua necessidade de tempo sozinho aumenta pelo menos se você estiver bem presa e não tendem a derivar em direção a um ansiosos (clingy/dependente) o estilo de apego. Quando nossos hormônios e produtos químicos do cérebro retorno aos níveis normais, muitos de nós engano essa mudança em nossos sentimentos por uma súbita ausência de amor.

Se estamos acostumados a droga de alta sensação de estar no amor e, em seguida, de repente, sentir o nada, mas o ocasionais de proximidade e da atração sexual, somos obrigados a pensar que algo está errado com o relacionamento. Adicionar para que a nossa súbita percepção dos comportamentos e expressões faciais que estamos habituados a considerar bonitinho peculiaridades como incrivelmente incômodo traços e hábitos.

Não gosta de anúncios? Tornar-se um defensor e desfrutar de Bons Homens Projeto anúncio grátis, iniciar a comunicação sobre ajustes dos pequenos aborrecimentos que nos fazem infelizes em nosso relacionamento pode se sentir como abrir uma lata de minhocas, especialmente se a relação já está no movediço terreno. Como resultado, muitas vezes não discutir potenciais ou reais problemas de relacionamento até que seja tarde demais, desconsiderando a relação de aconselhamento.

Em vez disso, nós oramos para que o irritantes vai embora por conta própria, se só nós continuamos em silêncio. Eventualmente, a saudade de tempos quando os sentimentos estavam em alta, e quando se está em companhia um do outro era suave vela torna-se insuportável, e nós romper o relacionamento e passar para a próxima novo louco amor.

Relacionamentos

Em uma cultura de consumismo, narcisismo e da beleza, e imediata-gratificação centrismo, a maioria de nós tenha se esquecido de como ter um relacionamento duradouro. Não é de estranhar que a maioria dos relacionamentos sofrem desse destino.

Em uma cultura de consumismo, narcisismo e da beleza, e imediata-gratificação centrismo, a maioria de nós tenha se esquecido de como ter um relacionamento duradouro e o que é gostar de apreciar as pequenas coisas na vida que merecem reconhecimento e expressar gratidão, quando apropriado.

Nós preferimos gratificação imediata e a satisfação de nossas necessidades, para ver um companheiro ser humano sorriso em resposta à altruísta ou altruísta comportamento da nossa parte. Não gosta de anúncios? Tornar-se um defensor e desfrutar de Bons Homens Projeto anúncio grátis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *